Empresas cadastradas terão post nas redes sociais do CEPB
27 de março de 2018
Contabilidade: nascida na antiguidade, importante até os dias atuais
23 de abril de 2018
Exibir tudo

Coworking ou sala própria?

Como escolher o melhor local para ter sua empresa?

Abrir uma empresa não é fácil. Além das questões burocráticas, há as decisões estratégicas que devem ser tomadas, como o segmento no qual atuar, o mercado a ser atingido, o plano de negócios a estabelecer. O local de funcionamento da empresa também merece ser pensado estrategicamente, a depender do tipo de negócio (serviços, comércio, indústria). Há alguns anos, o modelo de coworking vem se consolidando como opção, mas, para  algumas atividades, manter um escritório exclusivo em um edifício comercial, continua sendo fundamental para o sucesso.

Para ajudar a escolher qual a melhor alternativa, confira abaixo as principais vantagens e desvantagens:

Coworking

Vantagens

Networking: neste ambiente de trabalho compartilhado, é possível encontrar profissionais de diversas áreas e, assim, ampliar a rede de contatos que podem tanto virar parceiros, quanto clientes ou fornecedores.

Economia: o gasto com aluguel, manutenção e despesas como água, luz, telefone e faxineira é menor.

Sem burocracia: geralmente os contratos de uso do coworking oferecem opção com ou sem período de fidelidade, e não é preciso nenhum tipo de fiador ou seguro. Também é possível fazer um plano para uso em somente alguns dias ou horas eventuais.

Desvantagens

Falta de privacidade: coworking é uma alternativa para negócios cujos clientes esperam um ambiente mais informal ou para quem não recebe clientes com frequência. Para empresas mais tradicionais, como escritórios de advocacia, contabilidade e outros que recebem clientes constantemente, pode não ser a melhor escolha.

Ruídos: como o ambiente é compartilhado e cada um tem seu ritmo e forma de trabalhar, sempre haverá barulho ambiente, seja por ligações ou conversa paralela. Você até poderá usar um fone de ouvido, mas se tiver facilidade em dispersar-se, este não será o melhor regime de trabalho.

Escritório em prédio comercial

Vantagens

Personalização do ambiente: próprios ou alugados, há muitos escritórios que permitem que o espaço seja personalizado de acordo com as necessidades do inquilino. Assim, é possível tirar e colocar paredes, criar novas instalações elétricas, trocar o piso e a cor das paredes.

Maior visibilidade: seja na rua, em um shopping ou em um edifício de salas comerciais, será necessário colocar uma placa com o nome da empresa ou com seu nome, no caso de um profissional liberal. Isso servirá para aumentar a visibilidade do seu negócio, despertando o interesse de possíveis clientes e, consequentemente, aumentando a procura por seu produto ou serviço.

Exclusividade: No escritório próprio, não há surpresas ou expectativa se a sala estará lotada, com barulho ou silenciosa. Como o único negócio ali é o seu, a flexibilidade para receber clientes é maior, sem surpresas e com mais conforto.

Desvantagens

Burocracia: para alugar um imóvel, é necessário fazer contrato com uma imobiliária, que demorará entre 10 a 15 para ficar pronto, além de ser necessário a apresentação de garantias financeiras.

Infraestrutura: ao alugar um espaço, será necessário pensar na infraestrutura, como mobiliário, limpeza, contratar os serviços de concessionárias de luz, internet e telefone, entre outros.

Muitas vezes, a depender do local em que a sala comercial será locada, a burocracia pode ser diminuída e os valores podem ser mais acessíveis. Nada impede que a empresa migre de um coworking para um escritório privado, se o modelo fizer mais sentido em um determinado momento. Avalie os prós e contras antes de se decidir.  Boa sorte!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.